#boraviajar? Ative as notificações e receba nossas melhores ofertas. ATIVAR

8 cidades para recorrer de bicicleta!

Renata Coelho Mastandrea
Postado em Quinta 19, Dezembro 2019 em Recomendações

Conheça as 8 cidades para recorrer de bicicleta!

Com um mundo cada vez mais preocupado com a ecologia, os cuidados ao meio ambiente e a saúde, muitas cidades estão incentivando o uso da bicicleta como transporte urbano. Como sabemos, é o transporte que menos contamina e que, ao mesmo tempo, é uma boa forma de fazer exercícios. Pensando em todas as boas coisas que as bicicletas proporcionam, separamos os lugares do mundo em que os viajantes mais gostam de pedalar para conhecer.

Amsterdam, Países Baixos

Em Amsterdam as bicicletas reinam, isso é fato! O trânsito da cidade está completamente dominado por elas, tendo até mais prioridades que os carros, transportes públicos e, em alguns casos, inclusive mais prioridades que os pedestres. 50% de sua população se locomove de bicicleta e dizem que na cidade há mais bicicletas do que habitantes.

Além disso, a cidade é perfeitamente desenhada para os ciclistas e não há uma melhor maneira de conhecê-la do que alugando uma bicicleta. A cidade é pequena, então não requer pedalar tanto, mas se tiver tempo vale a pena caminhar por lugares mais longes do centro como o famoso parque Vondelpark. Da mesma forma, também se pode chegar facilmente à rota de Naarden, visitando o castelo Muiderslot e a cidade amuralhada e o lago de Naarden ou as rotas para ver os moinhos. Esses percursos são ótimos para aproveitar os coloridos campos de tulipas da Holanda.

 

 

Copenhague, Dinamarca

Copenhague lidera também esse ranking. É famosa por sua tradição de ciclistas e elegida como a favorita dos ciclistas em 2015. Sua urbanização e infraestrutura, com vias e rotas preparadas para as bicicletas, tem mais de 390 quilômetros para pedalar. Os dinamarqueses usam as bicicletas até mesmo no inverno, com temperaturas abaixo de 0 grau. Existem várias opções para alugar bicicletas em Copenhague, entre elas a Bike the City, disponível 24 horas durante todo o ano. Cada bicicleta tem um tablet com GPS para guiar pelos pontos de interesse na cidade.

 

 

Utrecht, Países Baixos

Esta pequena cidade holandesa, apesar do seu tamanho, está fazendo uma grande inversão no urbanismo das bicicletas. O exclusivo desenho da ponte Dafne Schippersbrug é um bom exemplo. Atualmente possui 12 mil estacionamentos para bicicletas na Estação Central e planeja chegar a 33 mil em 2020. Conta com a rua mais larga do país (6 km) onde instalaram um sistema chamado Flo, de detecção de velocidade junto com quiosques digitais que leem a velocidade de cada ciclista e os ajudam a acelerar ou diminuir a velocidade para chegar ao próximo semáforo verde.

 

 

Montreal, Canadá

Com 650 km de passarelas de bicicleta, Montreal foi eleita a Top 10 Urban Bike da revista Time como uma das cidades mais “amigas da bicicleta” da América do Norte. Tem ainda a primeira infraestrutura de bicicletas para uso público anexada ao sistema de ônibus e táxis chamado programa Bixi.

Conta com um total de 5 mil bicicletas para alugar e graças ao seu urbanismo plano, é fácil se mover por grande parte da cidade. Se recomenda recorrer o Canal de Lachine para ver a linda vista panorâmica.


Berlim, Alemanha

Berlim é outra cidade ideal para andar de bicicleta. Está muito bem conectada com ciclovias e é muito fácil pedalar por todos os lados. Além da bicicleta, é possível combinar trajetos entre trem, metrô e bicicleta se a distância a ser percorrida for muito longa. Há muitas opções de aluguel de bicicletas por toda a cidade e também tours de bicicletas muito recomendados, principalmente na primavera e no verão, também no clima ameno. Seus imensos e verdes parques também são lugares onde a bicicleta é uma grande aliada.
 

 

Barcelona, Espanha

Barcelona, por seu tamanho, clima e urbanização, é outra cidade muito agradável para andar de bicicleta. Conta com mais de 100 km de caminhos especiais para esse tipo de transporte, sendo possível chegar muito rápido do centro aos bairros altos, como Gracia, em menos de meia hora e andar pelo calçadão que acompanha o mar de ponta a ponta. Mas há uma complicação em andar de bicicleta na cidade: suas ruas empinadas e morros, que podem ser difíceis de subir para quem não está muito acostumado.

O sistema público Bicing (disponível apenas para residentes) conta com 41 estações e está em ampliação constante. Recentemente, todas as bicicletas comuns foram trocadas por bicicletas elétricas, nas quais os primeiros 30 minutos são gratuitos. Para turistas, existem várias empresas que oferecem o aluguel das bicicletas a preços acessíveis.

 

Estrasburgo, França

Estrasburgo, considerada a “cidade alemã” da França, é a mais desenvolvida em termos de transporte urbano, com 560 km de passarelas de bicicleta. É a primeira da França a alcançar um número relevante de habitantes que se locomover por bicicletas. Seu sistema de aluguel de bicicletas Velhop é um dos mais completos em questão de quantidade de bicicletas públicas oferecidas. Está sendo planejada uma rede de autopistas de bicicletas com três rotas em anel e várias rotas radiais com destino aos subúrbios e cidades vizinhas.

 

Sevilla, Espanha

Esta encantadora cidade também é muito bem comentada pelos ciclistas, sobretudo pelo grande investimento que foi dado a este meio de transporte nos últimos anos.

Foi estabelecido uma rede de passarelas junto a um sistema de aluguel de fácil utilização para os turistas: Sevici. O sistema conta com mais de 250 estações, 140 km de passarelas e oferece bônus de uma semana a preços muito econômicos.

A cidade é ideal para andar de bicicleta, com exceção ao verão, onde as temperaturas podem chegar aos 45°C e por isso, nas piores horas é melhor utilizar o transporte público que conta com ar condicionado.

 

E você, já viajou e utilizou o sistema de bicicletas para conhecer melhor seu destino?


Origem - Coloque sua cidade, país ou região
Destino - Coloque sua cidade, país ou região
Ainda não defini as datas
Comparar Turismocity com:
Viajanet
SubmarinoViagens