#boraviajar? Ative as notificações e receba alertas de passagens aéreas baratas. ATIVAR

O que é Nômade digital e quais os melhores países para viver?

Postado em Jueves 4, Julio 2019 em Recomendações

Uma nova tendência que está crescendo e chegou para ficar é a do nômade digital. Esses profissionais trabalham remotamente de qualquer lugar do mundo e hoje em dia, as tecnologias nos permitem levar o trabalho para qualquer lugar sem precisar estar em um lugar físico específico. Contanto que tenhamos um computador conectado à internet, um bar na praia, um bom café, um espaço para co-working ou até mesmo nossa própria cama do Airbnb já podemos dizer que temos um escritório.

Acredite, há destinos completamente preparados para o nômade digital, são cidades inteiras que servem como “bases” temporárias, bem conectadas ao restante do mundo, populares por oferecer conexão veloz, espaços de Coworking, acomodações e alimentação a preços atrativos. Em alguns países, os custos podem ser tão baixos que trabalhar e viajar pode ser mais barato do que você imagina. 
 

Homem trabalhando em qualquer lugar do mundo como nômade digital.
O Nômade digital é um profissional que trabalha online e, portanto, não precisa estar presente em um escritório, cidade ou país em particular.

 

Essa corrente se torna cada vez mais comum entre jovens millennials, que não se sentem mais confortáveis ou satisfeitos com o modelo de trabalho do escritório de 9 a 18. Na era digital, essas normas e estruturas estão finalmente aquém do esperado, dando origem a novas formas de trabalho.

Como resultado, as empresas estão se adaptando à demanda, implementando o trabalho remoto, para que os jovens profissionais não permaneçam quietos: eles são eternos exploradores do mundo e encontraram uma maneira de fazê-lo sem ter que desistir de seus empregos.

Muitos desses nômades digitais são freelancers, mas muitos são trabalhadores permanentes em uma empresa, especialmente nas áreas de tecnologia, design e marketing. Os números falam por si: quase dois terços das empresas norte-americanas têm funcionários remotos que trabalham pelo menos metade do tempo. 

Tudo isso é possível graças às novas ferramentas digitais que tornam o fluxo de comunicação muito melhor quando se trabalha remotamente. Atualmente, as plataformas de vídeo e bate-papo nos permitem compartilhar informações em tempo real, sem que a localização geográfica seja um problema. 

Agora, ao escolher de onde trabalhar, os profissionais avaliam determinados fatores, como o custo de vida no local, sua oferta cultural e a disponibilidade de espaços de coworking. Considerando esses requisitos, algumas cidades ao redor do mundo estão se tornando os principais refúgios dos nômades digitais.

O site Nomad List é uma ótima ajuda para aqueles que estão avaliando onde ir trabalhar remotamente. Além de fornecer informações sobre o custo de vida, bairros devem viver e espaços de coworking, cidades de taxa de acordo com critérios diferentes, marcando-os em cada caso 1 a 5, sendo 5 a nota mais amigável-nômade. 

O que é Nômade digital e quais os melhores países para viver?  Enfim, são inúmeras as dúvidas sobre esse tema e por isso neste post vamos te responder tudo.
 

Hoje em dia com internet é possível trabalhar de qualquer lugar do mundo.
Hoje em dia com internet é possível trabalhar de qualquer lugar do mundo. 

 

O que é o nômade digital?

Nômade digital é um profissional que trabalha online e, portanto, não precisa estar presente em um escritório, cidade ou país em particular. Ele pode trabalhar em qualquer lugar do mundo, desde que tenham uma boa conexão à internet. Alguns exemplos mais comuns de nômades são redatores, fotógrafos e designers.

Como você pôde perceber, o estilo de vida nômade digital consiste em dois aspectos:

  1. ganhar dinheiro na internet;
  2. viajar ou se mudar de um lugar para outro.

Isso quer dizer que nem todos que trabalham de forma remota são automaticamente nômades digitais. Eles também precisam da parte nômade. Por outro lado, os viajantes de longo prazo e que realizam trabalhos locais também não são nômades digitais. Nesse caso, falta a parte digital.

Além disso, é importante acabar com um mito de uma vez por todas: nômades digitais não trabalham na praia. O sol, o calor e a areia tornam o trabalho com o laptop muito complicado. As fotos servem somente para postar no Instagram.

Quais são os países vivem os nômades digitais?

Basicamente, o nômade digital pode viver em qualquer lugar, contanto que tenha uma boa conexão à internet. No entanto, por razões óbvias, alguns lugares são mais amigáveis para receber os nômades digitais: vida barata, boa infraestrutura, internet rápida e outras questões pesam na escolha.

Alguns exemplos são Chiang Mai, na Tailândia; Budapeste, na Hungria; San Diego, nos Estados Unidos; Puerto Viejo, na Costa Rica; e Florianópolis, no Brasil. Nesses locais, comunidades inteiras de nômades digitais foram surgindo e, assim, houve uma explosão de cafés e espaços de trabalho em conjunto para suprir a demanda.

Conheça a lista de países para você trabalhar como nômade digital: 

 

Buenos Aires, Argentina 

A proximidade de Buenos Aires com o Brasil faz com que ela seja o primeiro destino internacional de muitos brasileiros. Quem não conhece um turista que veio para Buenos Aires e não ficou apaixonado? Os ares cosmopolitas e quase europeus trazem novas sensações para quem procura por um ambiente diferente.

Embora não tenha uma praia, nem paisagens muito cativantes em torno dela, a cidade é muito atraente para os seus visitantes, seja pela sua grande oferta cultural e noturna, bem como pela gastronomia e boas vibrações das pessoas.
 

Buenos Aires, na Argentina: um dos destinos mais baratos para trabalhar remotamente.
Buenos Aires, na Argentina: um dos destinos mais baratos para trabalhar remotamente.

 

Além disso, não podemos esquecer que, por causa da situação econômica atual e da desvalorização, hoje em dia, viver na Argentina é mais barato.

Buenos Aires também tem muitos espaços de coworking para nômades e empreendedores locais e um café com wifi em cada esquina para aqueles que querem trabalhar de frente para a rua.

Bali, Indonésia 

Bali está na moda e é um dos destinos preferidos dos nômades digitais. Ubud é o destino ideal para aqueles que querem combinar o trabalho com a natureza e a vida ao ar livre é o melhor.

Há espaços de coworking com vistas únicas, praias paradisíacas onde você pode praticar surf, caminhadas ou outros esportes aquáticos. Seus custos também são baixos e, como se isso não bastasse, sua vida noturna é muito variada e completa.

 

Passagens aéreas baratas para Bali no Turismocity.
Passagens aéreas baratas para Bali no Turismocity. 

 

Budapeste, Hungria 

Dentro da Europa, Budapeste é uma boa opção para quem busca um destino fora do comum, barato e com boa qualidade de vida. Seu clima é agradável e é conhecido por ser uma das cidades europeias com a maior vida noturna, especialmente no verão. Você pode encontrar boas ofertas de acomodação e os espaços de coworking são baratos e espaçosos.

Você pode encontrar boas ofertas de acomodação e os espaços de coworking são baratos e espaçosos.

 

Berlim, Alemanha 

O mais cosmopolita da Europa e o "Vale do Silício" das Startups européias. Quem escolhe Berlim, certamente não é pelo clima, mas pelo multiculturalismo, pela arte urbana, pela música e, acima de tudo, pelo baixo custo de vida. É uma das cidades mais baratas da Alemanha e com uma qualidade de vida dos mais altos padrões do mundo. Cada vez mais empresas de investimento em desenvolvimento estão de olho em Berlim e em centenas de empresas emergentes que estão surgindo a cada ano. 

Berlim: existem muitos espaços de coworking onde trabalhar e portas de trabalho interessantes.

 

Lisboa, Portugal 

Lisboa é um dos mais completos, combinando bom clima, comida, proximidade com a praia, baixo custo de vida e uma variedade de espaços de coworking. Como em Berlim, muitas startups estão decidindo empreender seus projetos nesta cidade, atendendo a todos esses requisitos. De fato, vários eventos destinados a empreendedores e nômades digitais são realizados durante o ano.
 

Lisboa pela facilidade do idioma é um grande atrativo.

 

Cidade do México, México

Muito popular entre os nômades americanos por sua proximidade com o país e um custo de vida muito menor, a Cidade do México é uma opção a se considerar. Excelente pela sua vida nocturna, oferta cultural, comida de rua requintada e proximidade a cidades de praia de primeira qualidade. Muitas empresas e Startups estão chegando à Cidade do México trazendo novas oportunidades de negócios.
 

O México é sucesso entre os nômades americanos. 

 

Barcelona, ​​Espanha 

Barcelona é a cidade onde todos querem viver, pelo menos uma vez na vida. É como o Éden de todo viajante, e porque não, também dos nômades digitais. Tendo a praia na cidade, uma intensa vida noturna, excelente oferta cultural, clima ideal e boa gastronomia, você não precisa de muito mais.

Em geral, não é uma cidade muito cara, mas pode ser um pouco difícil conseguir acomodações baratas, já que, sendo uma cidade muito turística, há muita demanda e os aluguéis estão ficando mais caros.
 

 

Enfim, ser nômade digital é a tendência do momento e lugares para viver e trabalhar nesse mundo estamos cheios! E aí, qual seria o país que você viveria?

Vale ler também:  4 dicas de como encontrar voos baratos

No Turismocity você pode fazer: a cotação do seu seguro de viagem, encontrar passagens aéreas baratas e hotéis baratos em um só lugar.  

Aproveite para fazer download do nosso app de viagem e fazer parte da nossa comunidade nas redes sociais (TwitterInstagram e Facebook) para descobrir rapidamente as melhores ofertas. 




BUSQUE O SEU VOO

Origem - Coloque sua cidade, país ou região
Destino - Coloque sua cidade, país ou região
Ainda não defini as datas