#boraviajar? Ative as notificações e receba nossas melhores ofertas. ATIVAR

Regra transporte de líquidos!

Gabrielle Barbosa
Postado em Martes 4, Febrero 2020 em Recomendações

A partir de hoje, 3 de fevereiro, a fiscalização de transporte de líquidos passará a ser mais rígida no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, nas conexões internacionais.

Já existia uma regra estipulando que itens como géis, aerossóis e outros líquidos que excedessem 100 ml não podiam ser transportados na bagagem de mão em vôos internacionais. O que torna a inspeção mais rígida é que agora a regra aponta que passageiros em trânsito internacional também não poderão carregar mais do que essa quantidade de líquido em bagagens de mão.

Na prática, isso quer dizer que um passageiro que tenha embarcado em outro país, mas realize uma escala no Brasil antes do seu destino final será submetido de novo ao controle de bagagem de mão no aeroporto brasileiro. Por exemplo, um passageiro que parte de Buenos Aires, tem escala em São Paulo e tem como destino final Nova York, ao passar pela fiscalização brasileira, não poderá seguir viagem se na bagagem de mão houver mais que 100 ml de líquido. Isso vale para compras realizadas no Duty Free de embarque do Aeroporto de Buenos Aires, por exemplo. No caso de ultrapassar essa quantidade, o líquido deverá ser despachado para seguir viagem para o próximo trecho.

As regras de transportes de líquido já eram válidas para os passageiros com destino internacional. A mudança está relacionada a passageiros em conexão internacional e também em compras realizadas nos free shops de outros aeroportos.

Regra para transporte de líquidos em voos internacionais

As regras válidas para transporte de líquidos em voos internacionais são que as substâncias líquidas podem ser transportadas na bagagem de mão desde que tenham até 100ml e as substâncias armazenadas em frascos acima disso, mesmo que não estejam cheias, deverão ser despachadas.

Os frascos devem estar em embalagens plásticas e transparentes e devem somar, no total, no máximo um litro. Por mais que os vidros e frascos tenham menos que 100 ml eles deverão estar todos dentro da mesma embalagem plástica transparente.

O importante agora é ficar de olho na quantidade de líquido transportado em conexões brasileiras. Produtos bastante comuns de serem transportados em bagagens de mãos e comprados em free shops são os vinhos e perfumes. Mas, como os vinhos têm, em média, 750 ml, precisarão ser despachados. Já em relação a perfumes, a escolha terá que ser de frascos menores para que possam ser carregados na bagagem de mão!

É importante ainda ficar sempre de olho nas nova determinações de bagagem. Os passageiros que carregam substâncias líquidas acima do permitido precisarão despachar ou descartar o item para terem o embarque autorizado no próximo trecho. 


Origem - Coloque sua cidade, país ou região
Destino - Coloque sua cidade, país ou região
Ainda não defini as datas
Comparar Turismocity com:
Viajanet
SubmarinoViagens