Alertas de voos baratos #boraviajar? Ative as notificações e receba alertas de passagens aéreas baratas. ATIVAR

Como viajar de avião com cachorro: dicas úteis!

Gabrielle Barbosa
Postado em Viernes 17, Diciembre 2021 em Recomendações

Quem tem animal de estimação enfrenta um dilema difícil na hora de viajar e neste artigo vamos contar tudo o que você precisa saber na hora de viajar de avião cachorro.

Viajar de avião com cachorro costuma não ser uma tarefa fácil: programar uma viagem que seja apropriada e confortável tanto para o tutor quanto para o bichinho exige bastante programação. Afinal, nossos bichinhos precisam ser transportados com segurança, precisam de entretenimento nos passeios e, por fim, precisam de um local de hospedagem que também possa recebê-los.

Muitas dúvidas surgem quando o assunto é como viajar de avião com cachorro e por isso esse artigo vai acabar com todas as suas dúvidas!

Animal de estimação: Tudo o que você precisa saber para viajar de avião com cachorro e até mesmo o seu gato!

Quais são as regras básicas para viajar de avião com cachorro?

As regras básicas para viajar de avião com cachorro ou até mesmo gato não são as mesmas aplicadas para cães-guia ou de apoio emocional, por isso, o foco neste artigo é explicar apenas sobre os animais de estimação.

Ao decidir viajar de avião, é muito importante que antes de comprar o seu voo, você escolha bem a companhia aérea e reserve o espaço do seu pet no voo, já que as vagas costumam ser limitadas e podem demorar para serem confirmadas, dependendo da companhia.

Como viajar de avião com cachorro 

Para reservar o espaço, as companhias cobram uma taxa por trecho, que pode variar de uma empresa para outra como:

  • Local de Transporte (cabine ou porão)
  • Se o voo é nacional ou internacional
  • Tamanho do animal (Pequeno, médio ou grande porte)

Além disso, seu animal de estimação deve permanecer dentro do kennel (caixas de transporte de animais) durante toda a viagem, mesmo se ele tiver permissão para ir na cabine com você.

Quais são os documentos necessários para viajar de avião com cachorro?

Esse é o meio de transporte com mais requerimentos e, por esse motivo, requer ainda mais planejamento. As exigências para este tipo de transporte são muitas e também variam bastante de acordo com cada companhia aérea. Para viajar de avião com cachorro você vai precisar apresentar um Certificado Veterinário Internacional, vale lembrar que cada país tem seus próprios regulamentos de saúde. É importante procurar saber em específico para onde pretende ir.

Quais são os documentos para viajar de avião com cachorro em voo nacional?

Viajando no Brasil, o processo pode ser mais simples. Você irá precisar providenciar uma carteira de vacinação e um atestado de saúde:

  • Carteira de vacinação: Aqui, você precisará ter em mãos o comprovante de vacinação antirrábica, com nome do laboratório produtor, tipo da vacina e número da ampola usada. Para estar tudo certo com sua documentação, a vacina deve ser aplicada no veterinário há mais de 30 dias e a menos de um ano;
  • Atestado de Saúde: este documento precisa ser emitido por um médico veterinário no máximo 10 dias antes do voo. O atestado deve constar que o animal está apto para a viagem.

Quais são os documentos para viajar com o seu animal de estimação em voo internacional?

Aqui as coisas complicam um pouco. Para ter uma ideia, o processo todo pode levar até 8 meses para ser finalizado e estar completo para a viagem. Seu pet precisa ter um Certificado Zoossanitário Internacional (CZI). Aqui no Brasil, o CZI só pode ser emitido por um fiscal federal da agropecuária (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA), com formação em Medicina Veterinária, da Vigilância Agropecuária Internacional.

Caso seu destino seja países do Mercosul (Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela), você pode optar pelo Passaporte para Trânsito de Cães e Gatos, que atesta as mesmas coisas que os documentos exigidos dentro do Brasil.

No entanto, este Passaporte não substitui a necessidade da identificação eletrônica do animal (microchip), que pode ser feito em unidades do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional situadas em aeroportos e da emissão do CZI em cada viagem. Para mais informações acesse o site do Governo Federal.

Viajar de avião com cachorro 

Documentação para viajar com o seu animal de estimação para os Estados Unidos

  • Ter o anti-pulgas e o vermífugo sempre em dia;
  • Recomendável aplicar o Microchip no seu pet (em uma clínica ou hospital veterinário reconhecido e com reputação – para que o chip seja válido – padrão ISO 11784 e ISO 11785). O microchip precisa ser aplicado antes da vacina;
  • Dar a vacina de raiva no seu animal (com 30 dias de antecedência);
  • Tirar um Certificado de saúde com o veterinário responsável pelo seu pet (com data máxima de 10 dias antes da viagem);
  • Tirar o CZI (Certificado Zoosanitário Internacional) do Ministério da Agricultura (com data máxima de 10 dias da viagem).

Documentação para viajar com o seu animal de estimação para a Europa

Para embarcar para a Europa e viajar de avião com cachorro de forma tranquila você deve ter todos dos documentos que os Estados Unidos pede e mais:

  • Aplicação OBRIGATÓRIA do microchip;
  • Fazer a Sorologia da Raiva (Antirrábica) (coleta de sangue – 30 dias após a aplicação da vacina da raiva);
  • Enviar sorologia para um laboratório aprovado pela Comissão Europeia. O único laboratório brasileiro credenciado desde abril de 2020 é o Núcleo de Pesquisa em Raiva da Universidade de São Paulo (USP).
  • Envio do material para algum dos laboratórios espalhados pela América que ainda fazem o exame (Chile, México ou Estados Unidos), ou até mesmo na Europa. Veja os laboratórios autorizados pela União Europeia;
  • Esperar o resultado do exame de Sorologia e Quarentena de 90 dias (3 meses) para poder viajar;

Você deve saber que viajar de avião com cachorro ou gato pode ser burocrático e que conseguir os documentos necessários pode levar algum tempo, por isso é importante se preparar e começar a ir atrás do necessário 3 meses antes da viagem. Assim você não corre o risco e pode viajar de avião com cachorro tranquilo!

Os animais de estimação viajam na cabine ou porão?

Cada companhia aérea tem seus próprios regulamentos. Alguns permitem que você leve cães ou gatos na cabine com peso inferior a 7 ou 8 quilos, incluindo o kennel de pano que devem ser colocados sob o assento da frente. Outras companhias aéreas, dependendo da distância do voo, peso ou políticas, só transportam animais de estimação no porão.

Como viajar de avião com cachorro 

Em qualquer um dos lugares em que seu pet viajar, existem políticas definidas pela International Air Transport Association (IATA) em relação ao nível de pressurização e temperatura para garantir a segurança do seu pet durante todo o trajeto de viagem.

Quais animais não podem viajar no porão do avião?

É aconselhável não transportar nenhum animal que se encontre nas seguintes condições: Animais feridos ou sofrendo de fraqueza fisiológica ou problemas patológicos. Cães e gatos braquicefálicos (nariz arrebitado), pois apresentam risco aumentado de insolação e distúrbios respiratórios sob estresse. Animais obesos. Em casos extremos, podem fazê-lo acompanhados por um veterinário especialista.

Dicas úteis :

  • Recomenda-se escolher voos diretos e evitar ter que mover o animal de um avião para outro na escala. Os animais tendem a sofrer muito durante os momentos de decolagem e pouso do avião.
  • Escolha voos em horários que coincidam com a rotina do animal.
  • Leve em consideração a época do ano devido às temperaturas e umidade nos aeroportos.
  • Recomenda-se não dar sedativos: por questões de saúde, os especialistas aconselham evitar sedativos, pois reduzem a capacidade de responder ao estresse durante o voo. Os efeitos colaterais deles também podem ser potencializados pelo ambiente pressurizado como a baixa pressão arterial níveis e pode ter consequências graves.
  • Leve-os em uma boa bolsa transportadora: os melhores são os de plástico rígido e devem ter espaço suficiente para que o animal possa se virar, sentar e deitar.
Kennel debaixo do banco do avião 

O tamanho das malas transportadoras variam com o tamanho do animal de acordo com comprimento, largura e altura do animal de estimação e com base no que for estipulado pela IATA. Além disso, deve haver ventilação em três de seus lados e na parte superior. A porta deve ser metálica e o teto e a base devem ser unidos com parafusos e porcas metálicas (nunca de plástico).

Dica: Acostume seu animal de estimação ao transportador antes de viajar, para que ele não se sinta tão desconfortável na hora. Coloque um cobertor com um cheiro familiar e um brinquedo familiar para ajudar a acalmá-lo diante do estresse.

Quais as principais empresas para viajar de avião com cachorro

Confira quais as principais companhias aéreas e quais as regras de cada uma delas para você saber exatamente como viajar de avião com cachorro, seja esse um voo nacional ou internacional.

Em caso de viajar de avião com cachorro a companhia aérea pode mudar o seu acento por dois motivos:

1- para dar mais espaço caso o seu animal de estimação esteja na cabine.

2- Para garantir a segurança de outro passageiro que seja alérgico e precise manter a distância.

Voo doméstico

Viajar de avião com cachorros em voos domésticos é mais tranquilo e a maioria das empresas permitem que você viaje com o seu pet, principalmente para animais de pequeno porte. Entenda um pouquinho o que as companhias aéreas exigem para viajar de avião com cachorro em voos domésticos:

  • Gol: para viajar com o animal na cabine ele deve ter no mínimo 4 meses e o peso máximo é de 10 kg, já no porão do avião o peso é de 10kg à 30 kg.
  • Latam: seu bichinho tem que ter no mínimo 8 semanas de vida e na cabine o peso máximo é de 7 kg e no porão o peso aceito é até 45 kg.
  • Confira regras da AZUL para levar seu pet na cabine

Voo internacional

Em voos internacionais o processo para viajar de avião com cachorro ou qualquer outro animal é mais burocrático. As companhias acabam exigindo mais documentos.

Veja as companhias aéreas europeias que aceitam animais:

  • Tap Air Portugal: na Tap é possível viajar na cabine ou no porão. Mas a empresa não reserva o porão para animais braquicéfalos, que são cães e gatos de focinho curto e achatado porque eles podem ter problemas respiratórios.
  • Lufthansa: animais de até 8kg podem viajar na cabine, enquanto no porão não existe peso máximo.
  • Iberia: a Iberia também permite viajar de avião com cachorro de até 8 kgs na cabine e os maiores precisam ir para o porão. A companhia tem condições especiais para os braquicéfalos e os considerados de raça perigosa.

Quando o assunto é viajar de avião com cachorro para os Estados Unidos, algumas companhias permitem o transporte de até 2 animais por passageiro desde que sejam da mesma espécie e estejam dentro da mesma caixa transportadora.

Por isso, veja quais companhias aceitam viajar de avião com cachorro para os Estados Unidos:

  • Delta: não há peso máximo mas o kennel deve caber, de forma confortável, embaixo do assento. A empresa não permite que os animais viagem no porão e por isso tem a opção de enviar seu animal de estimação com a Delta Cargo;
  • American Airlines: apenas o transporte na cabine é permitido e para para viajar de avião com cachorro é necessário que kennel caiba embaixo do assento à sua frente.
  • Latam e Gol: essas empresas utilizam o mesmo padrão dos voos domésticos citados no tópico acima.

Em todos os casos de voos internacionais, seu cachorro precisa ter no mínimo 4 meses de vida e o pedido de reserva para animais pode ser aprovado em até 48 horas antes da viagem.

Qual a sua dica para quem vai viajar de avião com cachorro?




Aéreos

Origem - Coloque sua cidade, país ou região
Destino - Coloque sua cidade, país ou região
Ainda não defini as datas
1 Passageiro, econômica