Gabrielle Barbosa Fiorderize

8 palácios e museus em Santiago do Chile

Atualizado em Miércoles 24, Abril 2024 Postado em Miércoles 24, Abril 2024 em Recomendações de viagem

Elegantes salões, objetos históricos e valiosas peças de arte brilham nesses incríveis palácios da capital, que você pode visitar por meio de tours, vários deles gratuitos. Os museus de Santiago, a cultura e arte fazem parte da experiência de conhecer a capital chilena e é uma aventura perfeita para todos os tipos de viajantes.

Se você quer conhecer museus em Santiago, aqui te recomendamos algumas opções de lugares impressionantes para colocar no seu roteiro de viagem!

Atenção: Preços consultados em março de 2023

Aproveite para encontrar passagens aéreas baratas para Santiago e hotéis em Santiago

Você também pode gostar:

Melhores palácios e museus em Santiago

Colocamos sugestões de palácios para conhecer entre a lista de museus em Santiago porque esses lugares também refletem a cultura e a história e são passeios marcantes e interessantes para a sua viagem. Além disso, visitar palácios garante fotos lindas e a possibilidade de admirar uma arquitetura que atravessou anos e que conta um pouquinho de história em cada detalhe!

1- Museu Palácio Cousiño

O Palácio Cousiño representa um momento da história urbana chilena, quando grandes mansões de estilo europeu foram construídas em bairros como Dieciocho e Ejército. Paul Lathoud, arquiteto francês, foi contratado para construir e decorar o palácio.

Lathoud baseou-se no estilo neoclássico para construir três prédio: dois menores ocupados por funcionários, e um grande prédio principal de dois andares e 27 quartos, onde ficavam a sala de música, salões de chá, jogos, armas e salas de dança, a galeria de arte, além de duas salas de jantar. Os quartos e as áreas familiares ficam no segundo andar.

A decoração mesclou elementos franceses e italianos, nas paredes e tetos foram embutidas pinturas a óleo sobre tela de importantes artistas, principalmente franceses, além da riqueza dos mármores.

Um acontecimento triste fez com que o lugar precisasse ser fechado e passasse por restauração e reforço estrutural: o terremoto de 2010. Com essas obras, foi acrescentada a visita permanente à adega de vinhos, situada no subsolo do Palácio, que funciona também como galeria de arte para exposições temporárias.

Esse palácio pode ser visitado de terça a sexta-feira, das 10h às 16h. Horários de visitas guiadas em espanhol: 09:30 – 10:15 – 11:45 – 15h e 15:45 horas, em inglês: 11h e 14h.

O valor da entrada é de $ 4.000 para estrangeiros que só pode ser pago com cartão de crédito ou débito, dinheiro não é aceito. Saiba mais no site oficial do Museo Palácio Cousiño.

Os melhores museus em Santiago - Palacio Cousiño

 

2- Palácio Pereira

Este palácio foi construído em 1873, como residência de Luis Pereira Cotapos e Carolina Iñiguez, que o ocuparam até 1932. Anos depois, foi sede do arcebispado, uma escola feminina e um centro comercial, sendo ocupado até a década de 1980. Entre 2016-2020 passou por um processo de recuperação para abrigar a Subsecretaria de Patrimônio Cultural.

É um antigo casarão neoclássico da autoria do arquiteto Lucien Henault, por encomenda do político Luís Pereira. Organizado em torno de uma galeria em forma de cruz latina, com teto de vidro e ferro fundido, conta com dois andares. O Palácio Pereira é um edifício de estilo clássico, com elementos do renascimento francês do século XVII, que traduz o ecletismo da época.

Está aberto ao público das 10h às 18h de segunda a sexta e sábado das 10h às 15h. A entrada é totalmente gratuita.

Aproveite para buscar passeios e atividades em Santiago.

Os melhores museus em Santiago - Palacio Pereira

3- Museu Nacional de Belas Artes

Localizado no Palacio de Belas Artes dentro do Parque Forestal de Santiago, o Museu Nacional de Belas Artes é um dos principais centros de divulgação das artes visuais no Chile, com mais de 5.000 obras entre as quais se destaca a maior coleção de esculturas do país e um importante repertório de pintura de artistas nascidos no Chile.

Nesse museu, você pode encontrar peças que datam da época colonial até pinturas modernas, gravuras, desenhos e fotografias. É um dos museus de Santiago mais variados, possui uma grande biblioteca e desenvolve continuamente oficinas, programas educativos e visitas guiadas.

O museu possui um patrimônio artístico composto por mais de 3.000 peças, adquiridas por meio de compras, doações e prêmios de salões oficiais. Possui a principal seleção de escultura chilena.

Possui uma biblioteca especializada em artes visuais com aproximadamente 100.000 volumes, realiza exposições temporárias e itinerantes, mantém uma programação educativa, com oficinas, cursos e visitas guiadas, e produz material informativo.

O horário de funcionamento é de terça a domingo das 10h às 18h45 com entrada livre.

Você pode conferir mais informações e toda a programação no site oficial do Museu de Belas Artes.

Os melhores museus em Santiago - Museu Nacional de Belas Artes 

4- Palácio Larraín Macheño

Entre os edifícios patrimoniais que ainda se erguem no bairro histórico Brasil em Santiago, existe um palácio que se destaca pela sua majestade, o Palácio Larraín.

É na esquina da Moneda com Cienfuegos, onde em 1911 Francisco Larraín Alcalde ordenou a construção desta espetacular residência, que os moradores do setor batizaram imediatamente como "El Titanic".

Mais de um século depois, o Palácio Larraín continua de pé e não mais sozinho: hoje é uma das poucas casas no estilo palácio que ainda serve de residência. Há 15 anos vivem ali os seus administradores, Sofia e José Antonio, os mesmos que acompanham as visitas guiadas a este local.

Se aderir a estas visitas guiadas você poderá viver uma experiência única, uma espécie de viagem ao passado mais aristocrático da cidade.

O valor do passeio é de $ 10.000 por pessoa e as reservas são feitas no Instagram do Palacio Larraín.

Os melhores museus em Santiago - Palacio Larraín Mancheño

5- Museu de Arte Contemporânea

O MAC é uma instituição que atualmente pertence à Faculdade de Letras da Universidade do Chile. Tem dois escritórios, um na Quinta Normal e outro no Parque Forestal. Este museu em Santiago abriga um grande número de obras contemporâneas, como pinturas, gravuras, desenhos, aquarelas e esculturas.

Entre as obras de maior destaque estão obras de artistas nacionais e internacionais como Roberto Matta, Matilde Pérez e Nemesio Antúnez, o argentino Emilio Pettoruti e o paraguaio Jesús Ruiz Nestosa.

O museu tem uma missão condizente com uma instituição universitária, acolhendo a diversidade de tendências que compõem a vida cultural contemporânea, com sentido de questionamento quanto ao desenvolvimento do conhecimento e à exploração de novas opções produtivas em arte.

Possui um acervo de cerca de 3.000 peças, incluindo quase mil gravuras, cerca de 600 pinturas, cerca de 130 desenhos e aquarelas e 80 esculturas.

Dentro do acervo do Museu de Arte Contemporânea, destacam-se as obras: "Vietnã ferido" de José Balmes, "Las Pataguas" de Agustín Abarca, "Cal cal viva" de Roser Bru e "América não invoco teu nome em vão " por Gracia Barrios .

Horário de Funcionamento: terça a sábado das 11h às 19h e domingos das 11h às 18h com entrada gratuita.

Os melhores museus em Santiago - Museu de Arte Contemporanea

6- Museu do Som

O Museu do Som de Santiago do Chile é um espaço cultural dedicado à história da música e do som. Localizado no bairro de Quinta Normal, o museu é uma das principais atrações turísticas da cidade, atraindo visitantes de todo o mundo interessados em conhecer mais sobre a rica herança musical chilena.

O museu possui uma coleção impressionante de instrumentos musicais, incluindo muitos que são únicos e raros. Há também uma grande variedade de equipamentos de som e gravação, bem como uma extensa biblioteca de gravações históricas e documentos relacionados à música. Os visitantes podem ver e ouvir instrumentos de diferentes épocas e estilos, desde a música indígena até o rock e o jazz.

Uma das principais atrações do museu é a exposição interativa que permite aos visitantes experimentar diferentes instrumentos e tecnologias de som. Há também oficinas e atividades educacionais para crianças e adultos, que ensinam sobre a história da música e do som, bem como técnicas de gravação e produção musical.

O museu foi fundado em 2010 pela Universidade de Chile e recebeu apoio de instituições públicas e privadas. Desde então, tornou-se um importante centro cultural na cidade, promovendo a música e a cultura chilena em nível nacional e internacional. Além disso, o museu oferece uma programação regular de concertos e eventos musicais, que apresentam artistas locais e internacionais.

O Museu do Som de Santiago do Chile é uma atração imperdível para os amantes da música e da cultura. Com sua coleção única de instrumentos e equipamentos de som, exposições interativas e programação de eventos musicais, o museu oferece uma experiência educativa e divertida para todos os visitantes.

O funcionamento é de terça a domingo das 10h às 15h com entrada gratuita.

Os melhores museus em Santiago - Museu do Som 

7- Museu Nacional de História Natural

O Museo Nacional de Historia Natural de Santiago do Chile é um dos museus mais importantes da América Latina dedicado à história natural. Ele foi fundado em 1830 e está localizado na Quinta Normal, um grande parque no centro de Santiago.

O museu tem uma ampla coleção de espécies, incluindo animais, plantas, minerais e fósseis, que representam a diversidade da fauna e flora chilenas e do mundo. Há exposições permanentes que abrangem temas como a evolução, a biodiversidade, a ecologia e a geologia.

Uma das principais atrações do museu é a exposição de múmias chinchorro, que são as mais antigas do mundo, datadas de cerca de 7.000 anos atrás. Essas múmias foram preservadas pelo clima extremamente seco do deserto de Atacama, no norte do Chile.

Outra exposição interessante é a sala dedicada aos dinossauros, onde os visitantes podem ver réplicas em tamanho real de vários dinossauros que viveram no Chile e na América do Sul.

Além das exposições permanentes, o museu oferece exposições temporárias, atividades educativas e palestras para todos os públicos. Há também um jardim botânico junto ao museu, que possui mais de 2.000 espécies de plantas. Esses é um dos museus de Santiago mais interessantes e você deve colocá-lo no seu roteiro!

A entrada é gratuita e o funcionamento é de terça a sábado das 10h às 17h30.

Os melhores museus em Santiago - Museu Nacional de História Natural 

8- Museu das Memórias e dos Direitos Humanos

Em uma das laterais do Parque Quinta Normal está o Museu da Memória e dos Direitos Humanos, uma instituição muito importante em Santiago. Essa galeria dedicada à paz e memória é o melhor lugar para entender o que aconteceu no Chile entre os anos 1973 e 1990, durante a ditadura de Pinochet.

São 11 salas que contam como aconteceu o golpe de Estado, como os grupos guerrilheiros lutavam e o que aconteceu depois do governo de Pinochet com fotografias, testemunhos reais, materiais audiovisuais e interativos.

Você pode fazer um tour pelo Museu da Memória e dos Direitos Humanos que explica detalhes de todos os objetos e salas do museu.

Os melhores museus em Santiago

Agora que você já conhece alguns museus em Santiago, já pode planejar essa viagem linda e com muitas opções de passeios culturais. Para te ajudar a ter uma viagem ainda mais completa e econômica, você pode buscar opções de ônibus no nosso site também. 

1 passageiro, econômica

Você quer ser o primeiro a saber quando houver voos baratos??