#boraviajar? Ative as notificações e receba nossas melhores ofertas. ATIVAR

Argentina volta a ser um destino de compras para o Brasileiros.

Renata Coelho Mastandrea
Postado em Martes 3, Noviembre 2020 em Recomendações

Argentina volta a ser um destino de compras para o Brasileiros.

 

Que a Argentina é um destino muito econômico para os brasileiros isso já sabemos, mas agora mais do que nunca viajar pra lá vai ficar extremamente mais barato devido à grande diferença cambial entre o dólar oficial e o paralelo "Blue”. Como a Argentina abriu as fronteiras para os países limítrofes, muitos podem estar se perguntando se é um bom momento para viajar para o país e o que encontrarão nos destinos. De acordo com a resolução oficial, os estrangeiros que entrarem em território nacional deverão apresentar no momento do processo de imigração: 

 

Por que ficou mais barato comprar e passear na Argentina?

 

O dólar oficial é negociado a $ 78 pesos argentinos para compra, enquanto o "paralelo - Blue" ou informal é negociado a $ 162 pesos argentinos no cambio de hoje. Essa diferença se deve às medidas econômicas implementadas pelo governo argentino que agregam impostos à compra de moeda estrangeira, somado ao câmbio que restringe a compra de apenas $ 200 dólares por mês, limitado a alguns casos. Essas medidas fizeram com que o dólar informal subisse muito seu preço, devido à alta demanda. 

Devido a essa diferença cambial você pode aproveitar para comprar produtos a preços mais baratos que no Brasil sempre que pagando em dinheiro. Quem optar por usar Reais como moeda na viagem também tem a sua vantagem entre o valor oficial e o paralelo. A valorização da nossa moeda nacional também facilita as compras na Argentina. 

Vamos dar um exemplo, de como comprar na Argentina ficou mais barato para os brasileiros divulgados pelo jornal argentino Infobae: 

  • Um vestido de uma marca feminina, considerando um dólar de USD 169, que era o valor pelo qual a taxa de câmbio " paralelo Blue " fechou na sexta-feira, custa USD 37,56 no Uruguai, USD 28,64 no Chile e USD 29,96 no Brasil, contra USD 17,14 na Argentina. Isso significa que, para um turista brasileiro está 43% mais barato.
     
  • No caso de um calçado esportivo, o relatório revelou que o preço em dólares para um brasileiro no Brasil é de USD 58,15, ante praticamente a metade do que custaria para comprá-lo na Argentina. As diferenças são ainda mais pronunciadas para o Chile e um pouco menos para o Uruguai.
     
  • No caso de um jeans de marca top, o preço médio em dólares na Argentina informado pela consultoria é de USD 21,14, 40% mais barato que o que custa em dólares no Brasil. 
     
  • Um dos atrativos mais decisivos para o turismo brasileiro é a gastronomia: o cardápio de dois pratos mais sobremesa, segundo média estimada pelo Focus Market, custará aos turistas USD 9,14, contra USD 17,80 em seu país se for um turista brasileiro. Por ser um consumo recorrente e o quanto a carne e o vinho argentinos atraem turistas brasileiros, tudo indica que é um forte fator de atração.
     
  • Mesmo o preço de um celular 128GB, especifica o relatório Focus Market, um bem e um item que na Argentina era muito mais caro na Argentina do que, por exemplo, no Chile, a média de USD590 passou a ser um preço 24% mais barato que os USD 728 que custa no Brasil, USD 777 que custa no Chile e USD 899 que custa no Uruguai.

* Todos os preços na Argentina são considerados levando em consideração a taxa de câmbio do dólar "paralelo Blue".

 

Onde fazer compras em Buenos Aires?

 

A área da Plaza Serrano e seus arredores estão repletos de espaços de design elegante e os preços variam muito dependendo da marca: há lojas independentes que oferecem preços muito acessíveis e marcas argentinas conhecidas que podem sair muito caras. O ideal é ir pacientemente entrando de uma para outra para encontrar boas oportunidades. Outras áreas de lojas de primeira e segunda marcas a preços acessíveis são a Av. Santa Fe. Na mesma avenida fica o Shopping Alto Palermo, onde você encontra grandes marcas roupas e eletrônicos, a região dos outlets de Villa Crespo, o Shopping Distrito Arcos e mais sofisticadas como o Patio Bullrich. 

Aproveite para encontrar passagens aéreas baratas para Buenos Aires e hotéis baratos em Buenos Aires. 

Atualmente, Aerolineas Argentinas, Latam, Turkish e Ethiopian estão voando entre a Argentina e o Brasil, com voos partindo de São Paulo. Segundo dados da Anac do Brasil, já a Aerolíneas Argentinas deve retomar os voos para Buenos Aires saindo de Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Salvador a partir de dezembro e o voo a partir de Florianópolis deve retornar em janeiro.

 

Quais são os protocolos contra o covid-19 na Argentina?

 

Na cidade, é obrigatório o uso de máscaras, seja ao ar livre ou dentro dos estabelecimentos comerciais. É preciso respeitar também medidas como distanciamento social e uso de álcool gel. Os restaurantes de Buenos Aires já estão abertos, tanto nos ambientes internos com separação entre as mesas, quanto externos. Em algumas áreas, as ruas foram fechadas para expandir o espaço público e permitir a colocação de mais mesas. São permitidas até 4 pessoas por mesa, e o horário de fechamento é à meia-noite.

Os shoppings foram reabertos e as lojas na rua também estão abertas. Já os Museus reabriram recentemente com capacidade reduzida, mas é necessário fazer o pré-agendamento online para visitar.

Os espaços verdes já estavam funcionando e esse mês voltam as feiras de artesanato de San Telmo e Recoleta. 

É importante dizer que turistas não podem usar transporte público, devido à pandemia, esse tipo de transporte é apenas para os trabalhadores essenciais e aqueles que têm licença podem usar o transporte público da cidade, portanto, os turistas não podem viajar de ônibus, metrô e trens. Você pode optar por empresas do setor to turismo que oferecem passeios privativos em Buenos Aires, táxi, Uber, Cabify e Beat.

A rede de ciclovias da cidade foi ampliada e é uma das opções de mobilização no atual contexto. Até agora, o uso de ecobicis era gratuito, mas em breve os turistas terão que pagar uma assinatura para poderem usar as bicicletas, enquanto os locais não pagarão apenas pelo uso em dias úteis. O custo ainda não foi definido. 

Aproveite para encontrar passagens aéreas baratas para Buenos Aires e hotéis baratos em Buenos Aires.




Todos os preços em um só lugar. Faça sua busca!

Origem - Coloque sua cidade, país ou região
Destino - Coloque sua cidade, país ou região
Ainda não defini as datas