Alertas de voos baratos #boraviajar? Ative as notificações e receba alertas de passagens aéreas baratas. ATIVAR

França aberta para brasileiros vacinados

Renata Coelho Mastandrea
Postado em Domingo 18, Julio 2021 em Noticias

A França está aberta para brasileiros vacinados. Confira tudo que você precisa saber para viajar à França. (Artigo atualizado em 01/09/2021.)

Quais são as vacinas aceitas para entrar na França?

Por enquanto, a França aceita só as aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA), por isso que a Coronavac, da chinesa Sinovac, ainda não é aceita no país. 

  1. Pfizer
  2. Moderna
  3. Jonhson & Jonhson (Janssen)
  4. Astrazeneca (Vaxzevria e Covishield)
     

Requisitos para viajar à França durante a pandemia
 

  1. Passaporte: validade de no mínimo 3 meses, a contar da data da chegada à França
  2. Certificado de vacinação: com dados do viajante, nome, lote e data, mostrando que segunda dose foi há mais de 7 dias ou, no caso da Janssen, 28 dias – passo a passo de como emitir o seu certificado
  3. Certificado de viagem internacional: preencher antes do embarque –  faça o download
  4. Declaração de honra: preencher afirmando que não tem sintomas de Covid-19 – faça o download 
  5. Seguro-viagem: obrigatório para entrar em países do espaço Schengen – compre aqui
  6. App TousAntiCovid durante a viagem –  faça o download

Viagens domésticas estão permitidas: você pode se deslocar entre cidades francesas. Para mais dúvidas basta acessar o site do Ministério do Interior da França.

Passagens aéreas baratas para a França e hotéis em Paris 
 

França está aberta para brasileiros vacinados

 

Passe sanitário para pontos turísticos a França

Restaurantes e pontos turísticos estão abertos, por exemplo, o Museu do Louvre e Torre Eiffel. Desde de 09/08 a França exige certificado de vacinação em bares, cafés e restaurantes, medida que tem como o objetivo a contenção da pandemia de Covid-19, lembrando que ela é válida tanto para moradores locais e turistas.  

Todos terão que apresentar um passe sanitário, que comprove a imunização para frequentar cafés, bares, restaurantes, centros comerciais e meios de transporte como avião, trem ou ônibus. Para quem tem o certificado de vacinação europeu, deve fazer o download do aplicativo  TousAntiCovid (Google Play ou Apple Store) e escanear o QR Code do certificado. 

Documentos necessários para a emissão do passe sanitário de vacinação na França

Abaixo listamos os documentos necessários para a emissão do certificado de vacinação e vale lembrar que a é individual. Cada viajante terá que fazer o seu e não há um prazo para receber o certificado, façam assim que tiver comprado a passagem para França.

  • Cópia/foto do passaporte (folha onde estão os dados pessoais);
  • Passagem de volta;
  • Certificado de vacinação (pode ser o emitido pelo ConecteSUS; (Como emitir o certificado de vacinação da Covid-19 em três idiomas)
  • Formulário eletrônico preenchido (baixe aqui);
  • Os documentos não podem exceder 10 mb de tamanho total, devem estar em pdf, jpg ou png, não podem estar em arquivo zip, tem que ser um a um e enviado por e-mail.

Os documentos devem ser inseridos um a um e enviados para o e-mail [email protected] com o seguinte assunto: 
País de residência/Sobrenome, nome/Data de chegada à França. 

Se tudo estiver dentro das regras você receberá um e-mail contendo um QR Code que poderá ser apresentado impresso ou validado no aplicativo TousAntiCovid. 

Se você chegar à França e ainda não tiver obtido o seu passe, uma solução alternativa e provisória é realizar um teste antígeno numa farmácia, cujo resultado fica pronto em pouco tempo e servirá como passe sanitário pelas próximas 72 horas.

Saiba quais são os requisitos para entrada no Brasil
 

 

Onde fazer o teste de Covid-19 na França para voltar ao Brasil

Através do site da AirFrance ou do proprio governo francês. O preço do teste de Covid-19 na França varia entre € 30 e € 50 (média de R$ 200 a R$ 300).

Como funciona a classificação de países ou territórios de acordo com o status da circulação viral na Europa? 
 

Lista verde: países onde nenhuma circulação viral ativa foi relatada e nenhuma variante relevante foi identificada. São países da área europeia, além de Albânia, Austrália, Bósnia, Brunei, Canadá, Hong-Kong, Israel, Japão, Kosovo, Líbano, Montenegro, Nova Zelândia, Macedônia do Norte, Arábia Saudita, Sérvia, Cingapura, Coréia do Sul , Taiwan, Estados Unidos e Vanuatu.

Lista laranja: países nos quais a circulação viral ativa foi relatada em proporções controladas, mas sem a disseminação de variantes relevantes. Isso inclui todos os países que não estão nas listas "verde" e "vermelha".

Lista vermelha: países nos quais a circulação viral ativa foi relatada, incluindo variantes relevantes. Isso inclui os seguintes países: Afeganistão, Argentina, Bangladesh, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, República Democrática do Congo, Índia, Indonésia, Maldivas, Moçambique, Namíbia, Nepal, Omã, Paquistão, Paraguai, Rússia , Seychelles, África do Sul, Sri Lanka, Suriname, Tunísia, Uruguai e Zâmbia.




Aéreos

Origem - Coloque sua cidade, país ou região
Destino - Coloque sua cidade, país ou região
Ainda não defini as datas
1 Passageiro, econômica