#boraviajar? Ative as notificações e receba alertas de passagens aéreas baratas. ATIVAR

Argentina suspende todos os voos com Brasil, Chile e México.

Renata Coelho Mastandrea
Postado em Sábado 27, Marzo 2021 em Recomendações

A partir de sábado, 27 de março, todos os voos entre Argentina e o Brasil, Chile e México estão suspensos. A medida expira em 9 de abril, mas com certeza será prorrogada, como todos os decretos até agora aqui na Argentina. 

A medida visa conter o avanço de uma segunda onda de Covid-19 na Argentina e e a chegada de uma nova cepa da  no país.

A restrição de viagens para os três países se soma à proibição de voos do Reino Unido e Irlanda do Norte. Já as frequências de voos para a Europa, Peru, Equador, Colômbia, Panamá e Estados Unidos permanecem restritas.
 

Todos os voos entre Argentina e o Brasil, Chile e México estão suspensos
A medida visa conter o avanço de uma segunda onda de Covid-19 na Argentina e e a chegada de uma nova cepa da  no país.

 

Não é a primeira vez que a Argentina suspende voos com Chile, Brasil e México, no ano passado o país ficou meses sem voos regulares, mantendo apenas alguns voos especiais de repatriação. A fronteira aérea só está aberta a argentinos e residentes que estão voltando do exterior e com o fechamento das fronteiras desde 25 de dezembro e turistas estrangeiros foram proibidos de entrar no país.

 

Argentina suspende todos os voos com Brasil, Chile e México.

 

É importante mencionar que dentro das 48 horas a partir da entrada em vigor desta medida (de 27 a 29 de março), haveria voos para que os argentinos e residentes que estão no Brasil, Chile e México possam retornar, com disponibilidade de 2.000 lugares por dia. I

Em resumo o que muda para a entrada na Argentina a partir de 27 de março:

  • Será permitida a entrada de voos que cheguem nas 48 horas após o início da medida que se inicia às 00h00 do sábado 27.
  • O número de passageiros autorizados a entrar e sair por dia é limitado a 2.000 pessoas.
  • O primeiro teste PCR necessário para o embarque deve ser feito até 72 horas antes do retorno ao país.
  • O segundo teste PCR será feito ao chegar, antes os testes eram somente para quem se dirigia a capital, a partir de 27 de março todos deverão fazer em Ezeiza. Se der positivo, você será transferido para um local disponibilizado pelas autoridades nacionais e terá outro teste para verificar qual a cepa, ambas, a cargo do passageiro. Se você for negativo, você se coloca em quarentena no endereço declarado por 7 dias.
  • Um terceiro teste PCR é adicionado aos requisitos 7 dias após a chegada: Se for positivo, você também terá que fazer o teste necessário para verificar qual cepa é, também a cargo do passageiro.

O que preciso fazer se necessito voltar a Argentina?

Você deve tentar antecipar a sua volta, lembrando que são 48 horas de prorrogação da regra (até às 23h59 do domingo 28) e talvez consiga ter um lugar disponível para voltar dentro desse prazo. O boletim oficial do governo esclarece que se você saiu antes do início dessa medida, haverá exceções para retornar após essas 48 horas. O que é certo, e está assinado na Declaração Jurada antes de partir, é que pode não haver voos de repatriação e você assume os riscos de viajar em pandemia.

O que eu faço se já tiver comprado uma passagem para viajar para a Argentina?

As medidas vão até o dia 9 de abril, mas certamente serão prorrogadas, então, se faltam alguns meses, talvez você não precise alterá-la ainda.

Se a sua viagem for anterior a esta data, com certeza receberá o cancelamento pelo correio. De qualquer forma, nossa recomendação é que você entre em contato com a agência emissora para saber suas opções e poder modificá-la.

Atualmente a maioria das companhias aéreas estão com mudança gratuita de datas, te dão a opção de deixar a passagem aérea em aberto, podem permitir a alteração do destino ou até mesmo reembolso.

Para quais países está habilitado voar desde a Argentina?

Ainda está habilitado a voar para outros países, como Estados Unidos, Colômbia, Peru, Paraguai, Panamá, República Dominicana, entre outros. Além disso, foi confirmado que não há restrições para voar dentro da Argentina.

É necessário preencher a Declaração Jurada 48 horas antes do embarque

Rever e cumprir os requisitos de acordo com o país de destino

Só é permitido sair dos aeroportos de Ezeiza, Aeroparque, San Fernando ou Buquebus.

No Turismocity você pode fazer: a cotação do seu seguro de viagem, encontrar passagens aéreas baratas e hotéis baratos em um só lugar.  Aproveite para fazer download do nosso app de viagem e fazer parte da nossa comunidade nas redes sociais para descobrir rapidamente as melhores ofertas.




Passagens Aéreas Baratas. Faça a sua busca!

Origem - Coloque sua cidade, país ou região
Destino - Coloque sua cidade, país ou região
Ainda não defini as datas